CEARENSE: Fortaleza arranca empate com Ceará, encerra tabu!

CEARENSE: Fortaleza arranca empate com Ceará, encerra tabu, e a pancadaria tomou de conta do castelão!

Dengue no Hemorrágica no Ceará

Secretaria da Saúde registra primeira morte por dengue hemorrágica no Estado

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Ciro diz que Brasília está dominada por "gatunos e incompetentes"


Atual presidente da Transnordestina, o ex-ministro Ciro Gomes (Pros) fez duras críticas à política brasileira nesta sexta-feira, 22, durante evento da Revista Carta Capital, em São Paulo. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Ciro afirmou estar em fase “detox” da política e disse que Brasília “está dominada por uma coalizão de gatunos e incompetentes”.

Sobre o Congresso, o ex-ministro da Integração Nacional afirmou que há “ladrões convocando CPIs e bandidos acusando gente séria de ser bandido”. Ele poupou a presidente Dilma Rousseff (PT) das críticas, afirmando que a petista é “exceção, porque é honrada e tem espírito público”.

Sobre seu futuro político, Ciro reafirmou estar em fase “detox” na carreira, “dando folga aos eleitores”. “Agora pertenço ao mundo empresarial, mas eu nunca me supus um porco capitalista”, brincou Ciro, atualmente executivo na Transnordestina, subsidiária da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). 

Ex-governador do Ceará e ex-ministro, Ciro Gomes não disputa eleições desde 2006, quando foi eleito deputado federal pela última vez. Na época, se disse “decepcionado” com a Câmara e teve altas taxas de ausência na Casa. Ele chegou a ser cogitado para disputar pelo Senado em 2014, o que significaria uma renúncia prematura do irmão, o então governador Cid Gomes (Pros).
Planejamento
Durante um painel sobre as exportações no Brasil, Gomes criticou a falta de planejamento. "O Brasil não tem agenda", disse. "No Ceará, qualquer bodega tem um projeto, mas o Brasil não tem projeto", declarou. Ele ainda criticou os atuais níveis da taxa de juros básica do Brasil.
"A rentabilidade dos papeis do governo é mais alta que a rentabilidade média dos negócios e é por isso que os investimentos no Brasil estão parados", disse. "Alguém fure meu olho com uma razão técnica para a taxa de juros ser dessa altura, não há razão", contestou. (com informações do Estadão Conteúdo)
Redação O POVO Online

Operação Loop: Polícia Federal cumpre 9 mandados de busca e apreensão



PFA Polícia Federal do Ceará (PF-CE) realizou na manhã desta sexta-feira, (22), a Operação Loop, em Fortaleza e nas cidades de Eusébio, Guaramiranga, Ibaretama e Independência. Os 42 policiais federais cumpriram  9 mandados de busca e apreensão. Os agentes entraram nas residências e apreenderam computadores e vários documentos. Todo material será periciado e em seguida os suspeitos serão ouvidos.
Em coletiva de imprensa na Sede da Superintendência Regional da Polícia Federal no Ceará, o delegado Federal, Herbert de Lavor, informou que a operação iniciou em 2012 e tem como objetivo apurar a atuação de associação criminosa de empresários e agentes públicos vinculados a Prefeituras, no Ceará. São investigados crimes, como desvio de recursos públicos federais e municipais, fraudes em licitações e lavagem de dinheiro.
As investigações correm em segredo de Justiça, mas a PF revelou que há a possibilidade de que uma construtora investigada na operação tenha faturado mais de R$ 6 milhões no ano passado.
Uma dos alvos da Operação Loop, a Prefeitura de Ibaretama divulgou hoje a tarde uma nota de esclarecimento sobre a ação da PF que teve de abrir à força um prédio público em que o material a ser apreendido se encontrava. Segundo a Assessoria de Imprensa da Prefeitura, o fato aconteceu na sede da licitação, onde os policiais deveriam apreender a documentação relativa a processos licitatórios dos anos 2010 e 2011, ocorridas na gestão passada. “Quanto à abertura forçada do prédio, que consta o ‘Arquivo Morto’, fez-se necessário devido a não localização em tempo hábil pelo corpo da prefeitura da chave do local”, destaca a nota oficial.
A Prefeitura afirma que atendeu todas as demandas da delegada Federal, Dra. Fernanda Coutinho e sua equipe, através do seu corpo de servidores das respectivas Pastas, solicitados a apresentar os arquivos necessários ao atendimento dos documentos para atender ao mandado. “O município reitera o seu compromisso pela lisura dos processos relacionados à atual gestão e continuará cobrando a apuração dos fatos, contribuindo a todo o momento com as autoridades judiciais e policiais, no que for necessário”, conclui a nota.
Em Eusébio, os agentes realizaram buscas em casas e apartamentos de empresários alvos da Operação Loop. A prefeitura não foi visitada.
O termo “Loop” faz alusão a uma linguagem de programação que é um comando utilizado para repetir uma ação (atuação policial) enquanto determinada condição (crime) ocorrer.

Óbitos em acidentes de motos no Ceará crescem 81,9% em dez anos



motoDe acordo com levantamento do Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, divulgado nesta sexta-feira (22), o número de mortos em acidentes de motos no Ceará cresceu 81,9% entre os anos de 2002 e 2013. O Estado ocupa a 8ª oposição no ranking de mortes por acidente de motocicletas no Brasil, com taxa de mortalidade de 9,9 para cada 100 mil habitantes. O número supera a média nacional, que é de 6,3 mortes por 100 mil habitantes.
Segundo o Ministério da Saúde, em 2013, os acidentes com motos resultaram em 761 mortes no Ceará e 2.040 óbitos no país, o que corresponde a 28% dos mortos no transporte terrestre. O líder no ranking de mortes por acidentes com motocicletas é o Piauí, com índice 21,1 mortes por 100 mil habitantes. Na sequência vem Roraima (17,6), Sergipe (17,5) e Tocantins, com taxa de 12,1 mortes por 100 mil habitantes.
Ainda conforme o Ministério da Saúde, cerca de 45 mil pessoas perdem suas vidas em acidentes de trânsito no Brasil a cada ano. A violência envolvendo particularmente motociclistas está se tornando uma epidemia no país.

Vacinação contra a gripe é prorrogada até 5 de junho



vacinaçãoCom cinco municípios com meta de cobertura cumprida até a manhã desta sexta-feira, 22 de maio (Guaramiranga, Palmácia, Frecheirinha, Itatira e Uruoca), a Coordenação de Imunização da Secretaria da Saúde do Estado prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe até o dia 5 de junho. O Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, atualizado a cada meia hora, registrava no início da manhã de sexta-feira cobertura de 36,75% de cobertura vacinal em todo o Estado, com 647.843 doses aplicadas. A cobertura estava em 38,45% das crianças de 6 meses a menos de 5 anos, 29,43% dos trabalhadores de saúde, 39,35% das gestantes, 44,42% das mulheres com até 45 dias pós-parto, 36,06% da população indígena e 36,42% dos idosos a partir dos 60 anos. Devem também se vacinar pessoas com doenças crônicas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.
No Ceará, a meta da campanha é imunizar no mínimo 80% da população-alvo de 1.762.872 pessoas em todo o Estado. Em todo o Brasil a cobertura está em 47,64% da população-alvo e, no Nordeste, em 41,70%. Nos últimos cinco anos, o Ceará cumpriu as metas de vacinação, com coberturas que variaram de  82,51% a 89,72%. No ano passado a cobertura atingiu 84,27% da população dos grupos prioritários. Durante a campanha são oferecidas as vacinas Influenza Trivalente, que protege contra Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B (sazonal), pneumococo 23 valente para proteger pessoas institucionalizadas e acamadas contra doenças invasivas, e Hepatite B, para intensificação na faixa etária até 49 anos.
A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém‐contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz. A gripe comum, como é conhecida, pode levar a complicações graves e ao óbito, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção.

VEICULO CAPOTA NA CE QUE LIGA IPUEIRAS A CROATÁ E DEIXA VÍTIMA FATAL


Ontem por volta das 11h35min na Ladeira da Matriz de São Gonçalo Ipueiras ,mas precisamente na curva do Balacó, foi vitima fatal de acidente de trânsito o Francisco Vieira Lima 62 anos, natural de Cascavel, motorista, casado, filho de Francisco Di Assis da Silva e Joana Vieira de Lima, residente em Caucaia.
  A vitima dirigia o caminhão volkswagem de cor prata, placas OSH 9153 e morreu no local, ficando preso nas ferragens do veículo.
 Segunda vitima Claudemir de Sousa 50 anos, ajudante de motorista, casado, natural de Morada Nova, filho de Benedita Rodrigues de Sousa e Francisca Florência de Sousa, residente em Morada Nova.onde o mesmo sofreu trauma no antebraço esquerdo e o mesmo foi transferido para o Hospital de Crateús para os procedimentos necessários.
 Onde a composição foi informada via 190 se deslocaram para a CE 257 entre a cidade de Ipueiras-Ce e a cidade de Croata-Ce ao chegarem no local verificaram a veracidade do ocorrido informaram o IML da Cidade de Sobral para serem adotados os devidos procedimentos legais. Pelo que foi observado com as marcas no asfalto o veiculo ja veio a capotar ainda no pista.


Energia solar e agricultura irrigada podem ser saídas para a seca no Nordeste


parque-solar-446x370A geração de energia solar e desenvolvimento agrícola de culturas resistentes à seca poderão ser duas medidas para a convivência com a Seca no Nordeste, como também a geração de recursos para o desenvolvimento da região. Os dois temas foram abordados durante reunião da Comissão externa que trata da estiagem na região nesta quinta-feira (21).
O estado do Ceará, com sol nos 365 dias do ano, só possui uma usina de energia solar fotovoltaica, a de Tauá, a primeira do Estado com produção que não chega a 1,00 MW mês, mas com capacidade para produzir 50 MW. Tem ainda outro projeto em Russas, que ainda não saiu do papel e projetos isolados, como condomínios e casas do Minha Casa, Minha Vida, abastecidos pela energia do sol.
No encontro, dois pesquisadores do governo foram ouvidos. Ao todo serão nove encontros que resultarão em um relatório com as sugestões de técnicos e representantes de municípios e da sociedade civil para servir como parâmetro para os investimentos na região.
Parlamentares e especialistas ouvidos nesta quinta-feira pela comissão foram unânimes ao afirmar que o desenvolvimento de atividades econômicas sustentáveis na região pode amenizar o sofrimento da população com a estiagem. Todos concordam que a seca não se combate – uma vez que é efeito da falta de chuvas e já é parte do clima regional. Ao contrário, se convive com ela, especialmente em um local onde vivem 22 milhões de pessoas – ou 12% da população nacional.
Uma das possibilidades para a criação de emprego e renda nos municípios do semiárido seria o aproveitamento do potencial solar da região para geração de energia. A sugestão foi apresentada pelo pesquisador Paulo Nobre, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. “Eu vejo o Nordeste, no futuro, como um enorme produtor e exportador de energia. É uma energia eterna, que é a energia do sol. Ela pode ser aplicada tanto em grandes centrais como em cada telhado”, afirmou Nobre. “De forma que o recurso possa ser usado para trazer água em tubo, não água evaporando em canais abertos, e escolas para as novas gerações.”
Já  o pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Guilherme Resende recomendou uma avaliação das políticas públicas atualmente voltadas para o semiárido. Entre outros programas, a região é hoje beneficiária de pelo menos 50% dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Na maior parte das vezes, no entanto, os recursos que chegam estão bem abaixo do limite estabelecido.
Ele acredita que o semiárido é solo fértil para o desenvolvimento de culturas agrícolas resistentes à seca ou irrigáveis, como as existentes em países como Estados Unidos, México e Israel. “Crises climáticas periódicas ocorrem em várias partes do mundo, prejudicando a agricultura. No entanto, só se transforma em flagelo social quando se depara com condições socioeconômicas precárias, como as do Nordeste”, disse Guilherme Resende.

Camilo anuncia investimentos de R$ 60 milhões em hospitais do Estado


Mailing1O governador Camilo Santana recebeu nesta quinta-feira (21), no Palácio da Abolição, representantes do Sindicato dos Médicos do Estado do Ceará (Simec). Na ocasião, o governador ressaltou que as ações emergenciais já estão sendo tomadas. “Autorizamos R$ 60 milhões para tudo que os hospitais pediram. R$ 20 milhões por mês nos próximos 90 dias. Autorizei contratar leitos de retaguarda”, disse.
No entanto, ponderou que ações de longo prazo, como o formato da contratação de concurso público, precisam de diagnóstico e planejamento. “Estou contratando uma consultoria externa para fazer um diagnóstico mais forte e minha ideia é que possamos construir nos próximos 60 a 90 dias esse balanço para traçar os caminhos para o nosso Estado. A nossa auditoria vai ser clara com relação a isso, otimizar mais os recursos, diminuir o desperdício”, explicou.
Camilo  reforçou ainda o compromisso para suprir as necessidades com o setor, de forma compartilhada entre Estado, Municípios e União. Dentre as medidas, está a criação de um comitê para avaliar de forma profunda a questão da saúde. “Com esse comitê e esse diagnóstico (auditoria), nós vamos planejar quais são os caminhos que nós precisamos traçar para o Ceará. Vamos envolver todos nesse processo de discussão, municípios, União, Estado, as entidades de classe”, disse.
O governador afirmou ainda que não tem medido esforços para reivindicar, junto ao Governo Federal, medidas para remediar os problemas: “Estive com a presidenta Dilma, apresentei todos os números da Saúde no Ceará. Mostrei a discrepância que existe nos números em relação aos últimos oito anos. Estarei na semana que vem com minha equipe para averiguar porque o Ceará é apenas o 22º estado em repasse de média e alta complexidade do SUS. Há necessidade de mais recursos, de olhar para essa área com mais delicadeza”.
Além de apresentar os investimentos em saúde pública pelo Estado e citar medidas emergenciais, como a liberação de mais leitos de retaguarda, Camilo Santana ouviu as demandas dos médicos.  “Trabalho em um Governo de maneira aberta, com diálogo. A partir do momento que passa a eleição, sou governador de todos os cearenses. Sabemos o quanto é delicado o assunto da saúde. Antes de tudo, sou servidor público, meu interesse é servir, conversar, saber mais sobre interesse do médico, medicina preventiva e outras questões”, disse o governador.
Os representantes do Simec concordaram e disseram que querem fazer parte do comitê. “As ações emergenciais que eles sugeriram é praticamente o que já estamos fazendo. Contratar mais leitos de retaguarda, olhar um pouco para a gestão interna e nossos equipamentos”, afirmou Camilo que citou também o estudo da criação da central de medicamentos.

Proxima  → Página inicial